Como Fazer A Vida Melhor

Publicado 3 Novembro, 2013 por E. Luiz   


Quando comecei esta matéria com um título um tanto grandioso para ter uma finalidade realmente válida, não teria ideia de que – sempre se baseando em pensamentos diversos – a vida poderia em apenas três palavras - ‘trabalho’, ‘compreensão’ e ‘paciência’ – alcançar o que sempre buscamos e realmente precisamos: paz, felicidade e companhia. Para melhor exemplificar isso olhemos não para nós e sim para a natureza, um meio onde tudo o que se deseja é equilibrar, e todos os animais em si compreendem isso. As formigas sabem que em uma estação é necessário colher e guardar, e na outra esperar. Os ventos, que não são um simples sopro da natureza, tem o papel de equilibrar os climas, levando chuva para regiões secas, zonas de calor para lugares frios, e nem sempre consegue manter tal equilíbrio. Mostrando que mesmo a natureza parece ‘falhar’ e nem por isso desiste. Ela persiste no que acha certo e move – quase que literalmente – montanhas para isso.

Contudo a vida parece ter se tornado uma grande armadilha quando a vemos do anglo da sociedade. Ou seja, quando olhamos a nossa vida em contato com outras. É como se as outras pessoas tivessem sempre buscando um prazer de vida próprio e não enxergasse o lado de ‘lá’. Porém o maior erro de tudo é exatamente essa terceirização - no singular! - de apontar erros, jogar os problemas para os ‘transeuntes’ é uma forma dinâmica de dividir as derrotas próprias. No final de tudo cada indivíduo da sociedade leva um pouco os problemas do outro. E o mundo é grande! São bilhões de seres humanos que estão cada vez mais dependentes de um do outro, e depender do outro é um mal realmente natural nos dias de hoje.

Hoje parece que nós somos sedados diariamente por felicidades artificiais, assim a mente parece estar ligada a um mesmo vínculo de desgaste da espécie. É inegável que estamos diante de um desgaste de identidade, no que ser e para que ser. E o mais importante: temos a chance de escolher o que realmente queremos ser?

Tudo isso não é uma crítica que queira levar para teorias que mais atrapalham do que ajudam, na verdade somos a melhor sociedade da história. Nunca tivemos tão próximos em pensamentos, em querer mudanças, ajudar causas mundiais, entre outras coisa. O único porém é que evoluímos como sociedade mais decaímos no anglo individual. O conjunto é bom mas a unidade não.

Assim a proposta deste artigo é levantar pensamentos, teorias de sentimentos e condutas nossas que podem nos tornar melhores, o que no final pode ser resumidos em uma palavra: ‘simplicidade’. Quando nos tornamos simples compreendemos melhor o que se passa dentro - e o que está fora – surpreendentemente - parece que se ‘ajeita’ sozinho.

Com essa parte introdutória realizada – e até mesmo óbvia em alguns pontos, vamos tentar enxergar as coisas de um outro lado. Quando nos deparamos com momentos teóricos na vida podemos fazer com nossos pensamentos sejam um tanto contraditórios. Tiro o exemplo citado por Louis C.K. que de forma brilhante levantou em um de seus shows; na ocasião ele cita o fato de xingarmos as pessoas (apenas e somente) quando estamos longe o suficiente para não ter um confronto direto, isso porque nos deixamos o direito egocêntrico de ofender as pessoas por um motivo qualquer. Imagine que xingar uma pessoa é tão ridículo quanto qualquer coisa que ela tenha feito para ter ‘merecido’ isso. Você não a conhece. Não conhece sua história de vida. E nós nos julgamos suficientes para rebaixá-los – e sempre que esteja de alguma forma abaixo de nós. Em si, sempre estamos procurando alguma forma de estar acima de alguém. E isso sempre pegamos no senso comum. Algo que podemos ter apoio amplo. Contudo as contradições que citei acima são um pouco além disso. Outro exemplo referenciado aqui é a questão da escravidão, hoje qualquer pessoa dita como ‘normal’ se diria contra isso. Contudo seria um pouco contraditório que essa mesma pessoa contemplasse monumentos como as pirâmides do Egito e ou a muralha da China, sendo que milhares de escravos morreram por tê-las construído. Não cito isso para que nos tornemos antipáticos e seja contra tudo que tenha um passado ou conspiração atrelada, cito isso porque não estamos nunca imunes a pensar de forma contraditória.

Na maioria das vezes parece que ir ‘contra a maré’ dos pensamentos alheios nos tornam mais fortes e certos do que pensamos. Contudo estamos dentro de um sistema que nos leva de acordo com o vento sopra, mas nem por isso é um dever nos seguir. Se você se compara com a maioria das pessoas e vê que está igual, há algo de errado. Contudo como diria Gandhi, a liberdade de errar é uma virtude. Mas é aí que há o problema, cada vez mais não nos permitem errar e vice-versa. Mas não há aprendizado quando se acerta sempre. Não é assim que evoluímos historicamente. As maiores invenções da história vieram de centenas de fracassos anteriores. Nós mesmos, seres humanos, viemos de trilhões de bilhões de fracassos provindos do universo e da natureza até estarmos aqui. Mas algo interessante hoje em dia é o fato de enxergarmos as vidas alheias e ter a perspectiva de ver o que elas fazem de errado e fazer um melhoramento próprio.

Quando fazemos uma reflexão dos problemas pessoais e da sociedade como um todo temos a ligação (a maioria das pessoas fazem isso ao menos) divina e sobrenatural em larga escala na nossa mente. Isso é fato: quando você acredita mais em sua religião no que seu Deus, você não acredita em seu Deus. Acredito que a evolução da ciência só engrandece o trabalho complexo que um possível Deus tenha feito no universo, contudo as religiões são todas (sem exceção) presas ao passado. Mesmo que contraditoriamente se cite que Deus é um só e se deva respeitar todas as religiões, é um tanto estranho que esse mesmo deus tenha criado o mundo de formas tão distintas, ou seja, é fato que apenas uma religião está certa e todas as outras erradas. E o mais importante: não é a sua religião que é a certa. Se fossemos bons humanos realmente deixaríamos nossa religião e seguiríamos apenas os bons princípios morais. Imagine que você honraria bem mais seus pais seguindo os princípios que eles os ensinaram do que ficar os adorando todos os dias sem consequência válida. E sermos melhores que nossos pais seria melhor ainda. Este parágrafo em si tem uma importância quando encaramos que o mundo está retornando a ser mais místico (em pesquisa recentes o número de europeus que acreditam em algo sobrenatural dobrou em 20 anos), isso porque os problemas pessoais estão cada vez mais complexos, e com isso se busca ajuda em uma entidade mais complexa afim de solucioná-los. Acredito no princípio que a vida já seja um milagre tão excepcional que já teríamos todas as capacidades necessárias para resolver qualquer tipo de problema criado por nós mesmos.

Não que resolver problemas pessoais seja algo fácil, mas imagine que temos na maioria das vezes todas as possibilidades para isso. Na maioria temos problemas na visão dos outros e não na nossa necessariamente. Uma das piores coisas que podemos fazer é disseminar pensamentos (errados) alheios. Dizer que não podemos errar. Que devemos acertar no queremos ‘fazer da vida’ logo no primeiro tiro. Entre outros fatos que vemos, inspiramos e passamos pra frente. Então não seja igual seus pais, seja melhor que eles. Não ensine igual ao seu melhor professor, ensine melhor que ele. Trate sempre melhor o outro do que este lhe trata. Esta é a receita para ser alguém com moral. Isso sempre construído com as estruturas da humildade. Pode ser óbvio, mas no final da vida parece claro que desejaremos ter sido melhor do que fomos.

Contudo a vida não vem com um livro de instruções. Ainda bem! São milhares de seres fantásticos nascendo a cada dia, e neste mesmo momentos outros milhares morrem. Os que nascem desejam que tenham deixado um mundo melhor para eles. Os que morrem desejam que estes continuem melhorando. E mudando a si próprio estamos melhorando mundo. Mas acredito que o ponto principal deste artigo é a união de pensamentos e ideias de várias vertentes, assim meus pensamentos se juntam ao de milhões de outros que desejam no fim de tudo, ajudar a melhorar. Abaixo, estão alguns pensamentos relevantes que podem ajudar a refletir sobre alguns pontos chaves de todo ser humano. E claro, comente algo que nos faça refletir também nos comentários abaixo!


A Vida e a Liberdade

‘De nada adianta a liberdade, se não temos a liberdade de errar.’ - Gandhi

‘É preferível ser dono de uma moeda a ser escravo de duas.’ - - Provérbio Grego

‘Tudo quanto aumenta a liberdade, aumenta a responsabilidade.’ - Victor Hugo

‘Um homem livre é livre mesmo na mais escura das prisões.’ - Leo Buscaglia


A Vida e a Felicidade

‘Cuidado com a tristeza. Ela é um vício.’ - Gustave Flaubert

‘A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido. Não na vitória propriamente dita.’ - Gandhi

‘O dia mais perdido de todos é aquele em que não se riu.’ - Nicolas Chamfort

‘Milhares de velas podem ser acesas de uma única vela e a vida da vela não será encurtada. Felicidade nunca diminui ao ser compartilhada.’ - Buda

‘A felicidade é uma flor que não se deve colher.’ - André Maurois

‘É melhor imaginar a felicidade do que possuí-la.’ - Jacinto Benavente y Martinez

‘A felicidade não consiste em fazer o que gostamos, mas em gostarmos do que fazemos.’ - Noel Clarasó

‘O homem mais feliz é o que acredita sê-lo - Jean Commerson

‘O mais feliz dos felizes é aquele que faz os outros felizes’ - Alexandre Dumas

‘A felicidade é uma estação intermédia entre a carência e o excesso’ - Henrik Ibsen

‘Por cada minuto que nos zangamos, perdemos 60 segundos de felicidade’ - Ralph Emerson

‘Se a gente não fosse feita para ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes.’ - Ana Jácomo


A Vida e o Perdão


A Vida e a Humildade


A Vida e a Solidão

‘Detesto quem me rouba a solidão sem em troca me oferecer verdadeiramente companhia.’ - Friedrich Nietzsche

‘Não há tormento maior do que ficar sozinho no paraíso.’ - Provérbio Alemão

‘A filosofia é o melhor remédio para a mente.’ - Cicero


A Vida e a Fé

‘Acredite em Allah, mas amarre seu camelo.’ - Provérbio Árabe

‘Acreditar em milagres é um absurdo, equivale de certo modo a desonrar a Divindade.’ - Voltaire


A Vida e o Compartilhamento

‘Se não sabes, aprende; se já sabes, ensina.’ - Confúcio

‘Todo o homem é culpado do bem que não fez.’ - Voltaire


A Vida e o Aprendizado

‘É impossível para um homem aprender o que pensa que já sabe’. - Epictetus

‘Praticar o bem, abster-se do mal e purificar seus pensamentos, são os mandamentos de todo iluminado.’ - Buda


A Vida e a Família


A Vida e a Amizade

‘A amizade torna a prosperidade mais brilhante e ilumina a adversidade, por dividi-la e compartilhá-la.’ - Cicero

‘As más companhias são como um mercado de peixes; acaba-se acostumando com o mau cheiro.’ - Provérbios Chineses


A Vida e o Trabalho

‘Quando os homens não são forçados a lutar por necessidade, lutam por ambição.’ - Maquiavel


A Vida e o Futuro

‘Não viva no passado, não sonhe com o futuro, concentre a mente no momento presente.’ - Buda

‘Os sonhos são como os deuses. Se não se acredita neles, eles deixam de existir.’ - Cicero

‘Quem vive pela espada, certamente estará destinado à espada.’ - Provérbio Búlgaro


A Vida e a Morte

‘Se pudesse viver novamente, na próxima vida tentaria cometer mais erros.’ - Jorge Luis Borges

‘Aprende a viver e saberás morrer bem.’ - Confúcio

‘A morte é um sono sem sonhos.’ - Napoleão Bonaparte

‘Ao fim de uma vida preenchida pelo medo, o medo que mais apavora é a ausência de medo.’ - Zygmunt Bauman


Outros

vida frases
vida frases
vida frases
vida frases
vida frases
vida frases
vida frases
vida frases
vida frases
vida frases
vida frases
vida frases
vida frases




Comentários



Há um comentário:
  • Debora

    comentou em 09/11/2013 19:12:42:
    Ótimo artigo!


© 2017 Templo de Atena. Todos os Direitos Reservados